Meu humor
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, VILA IPOJUCA, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Esportes, Música
MSN -




Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 ESPN Brasil
 Papodebola
 Blog do Salgueiro
 UOL - O melhor conteúdo
 Blog do Conrado
 Lusanews
 Blog do Senna
 Blog Rubro Verde
 Blog do Mative
 Blog do Giuliano
 Blog do Ademar
 BLOG DO DI LALLO
 BLOG DE NEGOCIOS E FUTEBOL
 BLOG DO GUINHO




Blog do Edu Affonso
 


MARCOS TEM TOTAL RAZÃO.

Gostei das declarações do goleiro Marcos após a derrota do Palmeiras para o time quase reserva do Sport, no último fim de semana.

 

Realmente o grupo mostra não estar tão focado como no Paulistão, quando chegou ao título da competição. E isso me parece muito estranho.

 

Qualidade para estar entre os primeiros colocados não falta ao elenco, que tem um bom leque de opções a disposição de Luxemburgo.

 

Como disse Marcos, se alguns estão pensando em sair, nas propostas milionárias do exterior, devem resolver o mais rapidamente possível à situação.

 

Fiquei com a impressão que tal declaração foi também destinada ao técnico do clube, que já admitiu estar estudando sondagem do Lyon da França.

 

Para os jogadores, o mercado só reabre em agosto, então fica difícil para eles definirem algo neste momento. Henrique e Valvidia, os mais cobiçados, além de Cavalieri, que já está negociando sua saída, serão desfalques sérios, mas ainda podem colaborar com o time nestas rodadas iniciais.

 

Já para Luxemburgo, a proposta francesa pode ser respondida agora. Por isso, tenho comigo que a diretoria precisaria ter uma conversa franca com o treinador e cobrar uma decisão definitiva do profissional.



Escrito por eduaffonso às 17h54
[] [envie esta mensagem
] []





O PÓ MÁGICO DE PIRLIMPIMPIM.

 

Neste domingo estive no Canindé para acompanhar o jogo da Lusa contra o Internacional, pelo Brasileirão de 2008.

 

A Lusa buscava sua primeira vitória justamente contra um adversário considerado favorito ao título. E no primeiro tempo, com a vitória parcial do Colorado, gol de Nilmar, imaginei que terminaria a noite falando de uma crise do time paulista.

 

Na etapa final, porém, o jogo foi outro. E brilhou a estrela do técnico Benazzi, tão criticado, inclusive por mim. A Portuguesa voltou com uma garra enorme e apresentando um futebol decente, que determinou a virada e a vitória por 3 a 1.

 

Foi, aliás, a vitória de número 50 do treinador no comando da Lusa, em 110 jogos dirigindo o time. O que fez Benazzi no vestiário para mudar a situação?

 

Mexeu com os brios da equipe, não tenho dúvida e como disse na jornada da Eldorado\ESPN, jogou um pó de pirlimpimpim nos jogadores. Porque a mudança foi da água para o vinho.

 

Mas alguns atletas ainda estão devendo e muito e não provaram que tem condições de estar no time titular: Bruno Recife, Erick, Chrystian (que inclusive discutiu com a torcida no primeiro tempo e pediu para ser substituído), e Hallison.

 

Fiquei sabendo ainda que na sexta-feira, Dona Fátima, esposa do presidente Manuel da Lupa, promoveu um café da manhã de confraternização do elenco e da comissão técnica, e que o fato melhorou demais o clima entre todos antes da partida contra o time gaúcho.



Escrito por eduaffonso às 20h00
[] [envie esta mensagem
] []





QUE VEXAME HEIN DUNGA!!!

Não vi o jogo Brasil e Canadá, porque foi num sábado muito tarde e eu já tinha marcado outras coisas mais importantes para fazer. Depois do que ouvi de quem viu a partida, não me arrependi.

 

Contra a Venezuela foi aconselhado a não perder meu tempo, mas acabei caindo num bar (Murimarelo) e lá no telão dá Brasil e Venezuela. Que castigo!

 

Eu achava os jogos da seleção chatos na época do Parreira. Um futebol metódico e sem nenhuma inspiração. Dava sono ver aquele futebol burocrático.

 

Com Dunga, isso ficou pior ainda. Porque além do futebol continuar sendo chato, acho que até ficou pior, agora até seleções inexpressivas vêem par cima e fazem frente ao Brasil.

 

Perder pela primeira vez na história para a seleção “Vinho Tinto” é um dos vexames mais gloriosos da nossa seleção. Por mais que o futebol venezuelano tenha evoluído, é um fato que vai marcar negativamente esta passagem de Dunga, que espero seja encurtada o mais rápido possível.

 

O pior é que esta instabilidade vem à véspera de dois confrontos importantes demais nas eliminatórias: o líder Paraguai em Assunção e o maior rival de todos, a Argentina, em Belo Horizonte.

 

Fico na dúvida, mesmo com mais uma semana de treinos, onde a seleção vai encontrar um mínimo de futebol e padrão de jogo que nos faça ter esperanças em conquistar bons resultados.

 

 



Escrito por eduaffonso às 17h59
[] [envie esta mensagem
] []





KAKÁ DESABAFA NO CCT.

Nesta sexta-feira estive com o meio de campo Kaká no CCT da Barra Funda, onde o jogador do Milan se recupera de uma contusão no joelho.

 

O meio-de-campo me garantiu que está louco para jogar a Olimpíada, que seria um sonho, mas que não pode confrontar a diretoria do seu clube na Itália.

 

Ele anda chateado da forma como Dunga vem conduzindo o caso. Com manifestações públicas contra ele, sem nenhuma necessidade.

 

Para Kaká esta é uma briga de cachorro grande deveria ser debatida e discutida, de preferência nos bastidores entre CBF e a direção do clube.

 

O corte dos jogos das eliminatórias contra Paraguai e Argentina também não foi bem recebido pelo atleta. Não o corte em si, porque até Kaká reconhece que poderia não se recuperar a tempo, mas sim pela forma como aconteceu, com criticas sobre sua cirurgia.

 

Enfim, fiquei com a impressão, e é uma opinião muito particular, que Dunga se indispôs de forma equivocada com o jogador e que o clima entre os dois não é dos mais amistosos.

 

Kaká fica mais duas semanas se tratando no Reffis e depois pega entre 20 e 25 dias de férias. Seu primeiro filho, que terá o nome de Luca, está programado para nascer, em parto normal, nesse período.

 

Kaká, Juliana Travaglia (Uol) e eu na sala de imprensa do CT.

Foto: Felipe Espindola



Escrito por eduaffonso às 20h18
[] [envie esta mensagem
] []





HERRERA É UM VERDADEIRO GUERREIRO.

Às vezes analisar um jogador sem vê-lo atuar é um erro de prepotência de muitos jornalistas. E eu o cometi, na avaliação que fiz quando da chegada de Herrera.

 

Diferentemente daquele jogador quase grosso, porém lutador, que víamos com a camisa do Grêmio, o argentino hoje é ídolo, herói e talvez o melhor jogador do atual elenco corintiano. E com méritos.

 

Como sempre me disse o comentarista e amigo Casagrande:” Nunca fale que um jogador é ruim, é fraco. Diga que ele está num momento fraco ou ruim, porque depois o cara joga bem e você vai ficar com cara de tacho”.

 

E é isso mesmo. Herrera marca gols, para isso foi contratado. Herrera dá assistências, de forma surpreendente e mostrando grande visão de jogo e qualidade de passe.

 

Herrera briga durante os 90, característica de quase todos jogadores argentinos. Herrera representa a alma da Fiel torcida no gramado. E no Corinthians isso só já basta para brilhar.

 

Mano Menezes tem todo mérito nessa ascensão do atleta. Teve a coragem inicial e a paciência necessária para esperar que isto acontecesse.

 

 

 

 

 



Escrito por eduaffonso às 20h05
[] [envie esta mensagem
] []





NA LUSA, REFORÇOS SEM SAL.

Washington, Sérgio e Gavillan. Estes são os três últimos reforços da Lusa para a série A. Para quem esperava Veron, diga-se de passagem, a decepção é grande.

 

Para mim reforços sem sal e tempero. Apenas para inchar o grupo, mas nada que possa aumentar a esperança da galera rubro-verde.

 

O goleiro Sérgio já teve uma passagem muito boa pelo clube. Hoje, aos 38 anos, tem vivido alguns baixos na carreira, embora neste semestre tenha conquistado de forma surpreendente o título goiano pelo modesto Itumbiara.

 

Tem personalidade e sabe o que significa uma série A. Esses dados extra-campo poderão contribuir para o amadurecimento do grupo.

 

Gavillan também é excelente no aspecto experiência. Duas Copas do Mundo pela seleção paraguaia, além de defender por muito tempo e bem o Internacional. Preocupa-me o fato de ter se contundido no joelho no Flamengo, seu último clube e de lá para cá não ter jogado mais.

 

E Washington é aquilo que todos conhecessem. Se estiver numa noite inspirada, pode até decidir jogos difíceis. O complicado, porém é ter uma certa regularidade de dias inspirados.

 

Ainda falta para Lusa reforços de peso. Pelo menos 3 jogadores de impacto para a série A, Um zagueiro, um lateral esquerdo e mais um volante ou atacante.

 



Escrito por eduaffonso às 20h04
[] [envie esta mensagem
] []





UM ÓTIMO PROGRAMA IR AOS JOGOS DO CORINTHIANS

Muitas vezes amigos me disseram que não estavam mais indo a jogos de futebol devido a uma série de circunstâncias negativas que envolviam esse tipo de programa.

 

Violência, falta de segurança, preços caros, estavam entre os problemas citados. E eles tinham razão.

 

Não que isso tenha mudado, mas este ano eu aponto os jogos do Corinthians na Série B como uma forma de recuperar estes torcedores descrentes. E mais , as partidas servem também para aqueles pais que querem iniciar seus filhos no futebol.

 

Estive no Pacaembu no sábado, na vitória corintiana por 2 a 0 contra o Fortaleza. E gostei do que vi.

 

Primeiro porque o estádio, mais uma vez reformado, está em excelentes condições. Bem localizado, o Pacaembu é convidativo para o torcedor comum.

 

Depois, porque esses jogos do Corinthians não apresentam rivalidade. Os adversários não reúnem mais do que 50 ou 100 torcedores, ou seja , é um jogo de uma só torcida.

 

Vale ressaltar que a equipe de Mano Menezes conta com o apoio incondicional da galera, então, não existe nenhuma chance de protestos e confusão mesmo que o resultado não venha em campo.

 

Tudo está propicio a ida do torcedor. Caso você queira levar seu filho ou algum parente pela primeira vez no estádio eu sugiro estes jogos de sábado do Corinthians. Será com toda certeza uma ótima oportunidade de apresentar o futebol a quem não conhece.



Escrito por eduaffonso às 12h06
[] [envie esta mensagem
] []





COINCIDÊNCIAS DO MUNDO DA BOLA

Nelsinho Batista, que considero ótimo treinador, mas que nos últimos anos vinha vivendo uma fase ruim, está reabilitando totalmente ao colocar o modesto Sport do Recife na decisão da Copa do Brasil.

 

Contra o Corinthians, time que viveu seu pior momento na história, com a queda para a “Segundona”, justamente dirigido por esse mesmo Nelsinho Batista no ano passado.

 

Mano Menezes, hoje o comandante alvinegro era em 2 de dezembro do ano passado técnico do time que não perdeu para o Corinthians e que indiretamente rebaixou a equipe paulista.

 

Hoje ele pode ser o responsável por uma volta por cima das mais fantásticas na história do futebol brasileiro.

 

Praticamente 6 meses depois os 2 treinadores estarão frente a frente na decisão do segundo mais importante torneio do futebol nacional.

 

O Corinthians com sua mística, tradição e principalmente força da torcida, amparado por um razoável grupo de atletas que se supera a cada semana. Até agora só pegou um adversário de peso no torneio, o Botafogo, e passou com aquele sofrimento tradicional.

 

O Sport, que surpreendeu a tudo e a todos, ao deixar dois favoritos pelo caminho (Inter e Palmeiras) e que contou com o fato de Edmundo continuar insistindo em desperdiçar pênaltis em jogos decisivos para chegar à decisão ao eliminar o Vasco.

 

Serão dois jogos fantásticos, porque são duas torcidas apaixonadas. Quem viver, verá!!!

 

 



Escrito por eduaffonso às 12h21
[] [envie esta mensagem
] []





SAÍDA DE LEÃO FOI INJUSTA

Leão tem problemas de relacionamento nos clubes que dirige? Sim, muitos.

 

Leão é arrogante no tratamento aos jogadores e demais pessoas? Claro que sim.

 

Leão é um técnico de ponta do futebol brasileiro? Muitos acham que não.

 

Leão vinha tirando leite de pedra do Santos e foi injustiçado pela torcida e traído por alguns diretores? Em minha opinião, nenhuma dúvida.

 

Tenho quase a certeza que o Santos vai se arrepender profundamente por ter permitido que essas pressões externas atrapalhassem o técnico a ponto de ele pedir demissão.

 

Kleber, Rodrigo Souto e principalmente Kleber Pereira são os únicos jogadores diferenciados do elenco.

 

Wesley é boa promessa, como tantas outras que às vezes não vingam e Molina ainda requer uma análise mais precisa e tempo para que possamos saber se é craque ou apenas bom jogador.

 

No restante, com todo respeito aos atletas do Santos, trata-se de um time comum. E se não fosse à arbitragem desastrosa nos dois jogos contra o América do México, esse time comum estaria entre os 4 melhores da Libertadores.



Escrito por eduaffonso às 12h19
[] [envie esta mensagem
] []





O BOTAFOGO ESTÁ DE BRINCADEIRA

Surpreendi-me ao ver nesta terça feira dirigentes do Botafogo carioca cobrando da diretoria corintiana uma carga maior de ingressos para o jogo entre as duas equipes nesta quarta pela Copa do Brasil no Morumbi.

 

Não porque duvido da força da galera botafoguense em ocupar mais do que os 1000 lugares cedidos num primeiro momento.

 

E sim porque o Botafogo quer se tratado de uma forma que não trata as outras equipes. No jogo da fase anterior contra a Portuguesa, no Engenhão, o time do Rio de Janeiro simplesmente não destinou nenhum lugar à torcida da Lusa.

 

Os 80 torcedores que foram em 2 ônibus ao local da partida não puderam entrar, apesar das tentativas do diretor rubro verde, André Heleno, de encontrar uma saída para o problema.

 

Bem, naquela ocasião eu não ouvi de ninguém do time da estrela solitária algum tipo de reclamação ou de referencia a falta de ética.

 

Agora me vêem com essa ladainha. Para que a cobrança de Bebeto de Freitas tenha credibilidade é necessário que o clube também tenha uma atitude de receber bem os visitantes.



Escrito por eduaffonso às 02h11
[] [envie esta mensagem
] []





COBRANÇA PÚBLICA PREOCUPANTE

Depois do clássico contra a Portuguesa, domingo no Pacaembú, Luxemburgo publicamente cobrou os jogadores do Palmeiras pelo empate em 1 a 1.

 

Deixou claro que estava insatisfeito com algumas firulas e que o time teve tudo para matar o jogo no primeiro tempo, só não o fazendo por preciosismo exagerado dos atletas.

 

O treinador foi bem claro também ao enfatizar que se necessário for faria mudanças radicais, principalmente naqueles que não estivessem focados no objetivo do clube de conquistar o Brasileiro.

 

Como todos sabem, esse tipo de cobrança via microfones, deixa o ambiente perturbado, mesmo partindo de um profissional conceituado como Luxemburgo. Jogador não gosta de bronca via imprensa.

 

E já se especulou que Luxa provocou tal situação já querendo criar um clima para uma suposta saída do Brasil. Mesmo a seleção mexicana tendo acertado com o sueco Sven Ericksson, o destino do atual treinador palmeirense pode ser a Europa.

 

O Lyon, 7 vezes seguidas campeão francês, estaria interessado no técnico. E para Luxa seria uma oferta fantástica, tanto no aspecto financeiro como principalmente no profissional, voltando ao um grande clube europeu, disputando a Liga dos Campeões e tentando apagar a imagem ruim deixada no Real Madrid.

 

Mas deixar o Palmeiras na mão mais uma vez seria se queimar de todas as formas com a torcida, por isso esse clima de terror já estaria sendo imposto nas entrevistas para justificar amanhã uma suposta saída. Vamos aguardar!!!



Escrito por eduaffonso às 02h10
[] [envie esta mensagem
] []





ENGENHÃO É MUITO LEGAL

Foi meu primeiro evento no Engenhão, como é chamado o estádio Olimpico João Havelange. E gostei muito.

 

A localização não é das melhores. Quem está na zona sul do rio tem problemas para acessar a localidade, as vias são poucas e estreitas.

 

Mas o estádio é muito bonito, confortável e pratico. Todo com cadeiras da cor azul e numerado. Em qualquer local se pode assistir o jogo com conforto e ótima visão.

 

Os vestiários são grandes. As salas de entrevista também. Cabines não tão espaçosas, mas funcionais.

 

Enfim, fiquei com ótima impressão. Sorte do Botafogo que arrendou este local por 20 anos e com certeza, se tiver times bons, vai ter sempre casa cheia nos seus jogos.

Imprensa Paulista no Engenhão: Ricardo Martins (105 FM), Eu, Leandro Quesada (Band), Marcio Spimpolo(Pan),André Sanches ( CBN),Felipe Rocha (Globo),André Galvão (Transamerica) e Rafael Prates(Record)



Escrito por eduaffonso às 13h57
[] [envie esta mensagem
] []





TROCA DE FARPAS ENTRE TÉCNICOS

A terça marcou também uma intensa troca de farpas entre três dos principais treinadores do futebol brasileiro.

 

Mano Menezes nao gostou das supostas dicas que Luxemburgo deu de como parar o Corinthians no Arena Sportv e falou em falta de ética na coletiva pós jogo.

 

Cuca, que defendeu Luxemburgo, não gostou de algumas declarações de Mano, que insinuou que muita gente tem “peninha”de técnicos que nunca ganharam nada. E Cuca leva essa pecha.

 

Cuca inclusive durante a quarta-feira tentou falar com o técnico corintiano por telefone para tentar desfazer o suposto mal entendido.

 

Penso que nada de errado em algumas declarações. Até porque no caso de Luxemburgo, ele só respondeu o que foi perguntado pelos jornalistas da bancada do programa.

 

O que espero é que o técnico do Palmeiras seja tão solicito assim quando perguntado sobre esquema táticos de adversários nas coletivas que antecedem os jogos de sua equipe, uma vez que normalmente ele costuma afirmar que não gosta de falar sobre os rivais.

 



Escrito por eduaffonso às 13h53
[] [envie esta mensagem
] []





LUSA EM MAU MOMENTO

A Portuguesa não iniciou bem o Brasileirão e deixou seu torcedor extremamente preocupado com o futuro do time.

 

Primeiro pela fragilidade do elenco e também pela falta de confiança na atual Comissão Técnica, que ainda não conseguiu dar um padrão tático a equipe.

 

A derrota para o Vasco não foi um resultado anormal, embora o futebol tenha sido muito fraco, de pouca agressão ao adversário.

 

Agora empatar com o Figueirense em 5 a 5 no Canindé , da forma como foi, após estar vencendo por 5 a 2, foi um  negócio pavoroso.

 

Depois de perder Patrício, expulso, as alterações de Benazzi só chamaram o time catarinense para cima.

 

Fora os resultados ruins dentro de campo, agora aconteceu uma dispensa no mínimo estranha. O atacante Marcelo de Faria, que quase nada fez desde que chegou ( 2 gols), está deixando a Lusa porque teria se envolvido com amorosamente com a mulher de alguém influente no clube.

 



Escrito por eduaffonso às 13h50
[] [envie esta mensagem
] []





NO ESTACIONAMENTO DO ENGENHÃO

Na terça feira, logo depois da minha jornada esportiva pela Eldorado/ESPN, no jogo entre Botafogo e Corinthians , no Engenhão, presenciei uma cena insólita.

 

Por volta da uma da manhã, o trio de arbitragem deixava o estádio num carro alugado, quando ainda no estacionamento, o veículo foi abordado por cerca de 40 torcedores do Corinthians.

 

Não se tratava de nenhuma uniformizada, mas sim uma parte eletizada , que viajou num ônibus confortável , e aguardava o momento de deixar o local.

 

Leonardo Gaciba e o assistente número um, Altemir Hausmann, saíram do carro e encararam os torcedores. Hausmannn inclusive apontou para alguns torcedores, chamando-os para a briga.

 

Uma cena lamentável sob todos os aspectos. Primeiro: aqueles torcedores não deveriam estar naquele local, destinado ao estacionamento de carros que prestavam serviço aqueles que estavam trabalhando.

 

Segundo: o trio de arbitragem se  equivocou ao parar e chamar os torcedores para a briga. Poderia ter acontecido uma tragédia.

 

Terceiro e mais grave: os policias militares tiveram uma atitude passível demais. Muita conversa e pouca ação. Lamentável!!!!



Escrito por eduaffonso às 13h42
[] [envie esta mensagem
] []





O SANTOS FOI PREJUDICADO

 

Que o resultado do Santos no México foi desastroso, isto não deixa dúvida nenhuma. Será extremamente complicado derrotar o América na Vila por 3 gols de diferença.

 

Também não existe dúvida que com o time que tem em mãos, Leão já fez muito em colocar a equipe nas quartas-de-final da Libertadores.

 

Mas uma coisa também é certa: o Santos foi prejudicado no México pelo arbitro argentino Héctor Baldassi.

 

O se não existe no futebol, mas se aquele gol legal de Kleber Pereira, já no final da partida, fosse confirmado, a situação peixeira seria muito, mas muito mais cômoda no jogo da volta.

 

O Santos não é o primeiro, nem será o ultimo a ser prejudicado por arbitragens no futebol, mas neste ano, este tipo de equivoco vem ocorrendo em demasia com a equipe de Vila Belmiro.

 

E olha que o presidente da Conmebol, Nicolas Leoz, por várias vezes foi homenageado e bem recebido na baixada santista.



Escrito por eduaffonso às 01h48
[] [envie esta mensagem
] []





MUITA GENTE PARA POUCOS LUGARES

Com a chegada de Elias, o técnico Mano Menezes vai trabalhar com um problema que para muito técnicos poderia ser uma verdadeira solução.

 

O Corinthians tem excesso de jogadores para o meio-de-campo, tanto na armação, como na criação. Problema bom, mas às vezes difícil de contornar.

 

Neste momento de competições simultâneas (Copa do Brasil e Série B), essa sacola cheia é mais do que benéfica para o treinador.

 

Mas a Copa do Brasil termina em 20 dias. São mais 4 jogos no máximo para o título. E sem estar na sul-americana, este elenco numeroso será utilizado numa única competição, o que pode gerar atrito.

 

Senão vejamos: Fabinho, Nilton, Perdigão, Bóvio, fora Carlos Alberto que vem improvisado como lateral. São 5 volantes para duas posições.

 

Elias, Diogo Rincon, Lulinha, Douglas e até Dentinho para outras duas posições. Vai ficar gente boa de fora da equipe.

 

Mas é melhor administrar este tipo de problema, do que ausência de jogadores e passar a improvisar. E tem mais, mesmo sendo um único torneio, a série B é bastante complicada.



Escrito por eduaffonso às 01h47
[] [envie esta mensagem
] []





ADRIANO RECUPERADO

 

Definitivamente Adriano está recuperado. E pronto para voltar a Europa e jogar em alto nível em qualquer equipe. Isso é fato!

 

Cada partida que ele disputa pelo São Paulo, se mostra mais a vontade, mais aplicado e principalmente, com sua força física apurada, o fator que sempre fez diferença entre ele e os zagueiros adversários.

 

Contra o Fluminense, pela Libertadores, Adriano foi o homem de área de sempre, mas também foi o armador. Saiu muitas vezes até a intermediaria para receber passes e conduzir o ataque.

 

Foi assim que iniciou a jogada do gol solitário, marcado por ele mesmo, seu décimo sexto na temporada. Tabelou diversas vezes com Dagoberto. Foi pra cima dos adversários com sua descomunal e sem dúvida, fez a diferença.

 

O São Paulo foi perfeito para Adriano. Talvez ele venha a agradecer contribuindo com o título da Libertadores, o que seria um pagamento bem justo.

 

Agora é revê-lo na seleção e principalmente, torcer para que a cabeça esteja no lugar como está o futebol. Eu estou satisfeito por um só motivo. Como repórter, acompanhei bem de perto esta recuperação trabalhando e podendo ver em ação no Brasil, um jogador diferenciado. Não é sempre que isto acontece.



Escrito por eduaffonso às 12h51
[] [envie esta mensagem
] []





MARACANÃ MELANCÓLICO

Domingo passado trabalhei pela Eldorado/Espn no jogo Flamengo e Santos, no Maracanã, com a vitória carioca por 3 a 1.

 

O Santos, preocupado mais com a Libertadores, foi ao Rio com um time quase inteiro reserva, por isso não foi páreo para o rubro-negro, que vinha mordido pela eliminação absurda na Libertadores.

 

Mas para mim, a pior sensação foi fazer o jogo com o Maracanã vazio. Que coisa horrível, melancólica, péssima.

 

Eu já havia trabalhado em outros jogos de portões fechados, no Morumbi, Canindé, Mogi Mirim, e não estranhado tanto assim. Mas no Maracanã, fiquei com a impressão que a solidão dos atletas é maior.

 

Então percebi o quanto é ruim este tipo de punição. Jogar uma partida com portões fechados, você não está punindo só o time infrator e sua torcida. Pune também o adversário, os árbitros e todos os profissionais envolvidos na partida. E pune acima de tudo o futebol.

 

O melhor, em minha opinião, é punir de outra forma. Fazendo a equipe infratora jogar longe de sua torcida, num campo neutro, mas com gente podendo assistir, pois o futebol é espetáculo, e espetáculo sem público não se justifica.



Escrito por eduaffonso às 12h39
[] [envie esta mensagem
] []





LUSA E PALMEIRAS APRESENTAM NOVOS UNIFORMES.

Diogo desfila com o novo uniforme da Lusa

FOTO: José Cunha

 

 

Foi uma quinta feira agitada no mundo do futebol e da moda esportiva. Palmeiras e Lusa anunciaram reforços e apresentaram seus uniformes para a temporada de 2008.

 

A Portuguesa promoveu um desfile de alguns atletas na Casa de Portugal para lançar o uniforme fabricado pela Penalty. O contrato com a empresa é de 3 anos.

 

Gostei do modelo da camisa, com cores vivas e as listras horizontais mais definidas. Na ocasião, a diretoria anunciou o retorno de Wilton Goiano, quinto reforço para o Brasileiro.

 

O lateral direito, que rescindiu contrato com o São Caetano, será apresentado nesta sexta feira no Canindé, mas está fora da estréia contra o Figueirense.

 

Já à tarde, num coquetel luxuoso na Academia de Futebol, o Verdão mostrou seu novo fardamento para o Brasileiro.

 

Nada mais nada menos que Adraine Galisteu foi a modelo escolhida para desfilar com o modelo verde, para delírio dos marmanjos que lá estavam.

 

Também foram apresentados 3 novos reforços: Sandro Silva, volante e Fabinho Capixaba, lateral direito, que vieram do Mirassol e Jéferson, lateral esquerdo, que era do São Caetano.



Escrito por eduaffonso às 19h31
[] [envie esta mensagem
] []





VITÓRIA QUE ME CONVENCEU.

 

O futebol não foi brilhante, muito pelo contrário, mas o São Paulo me deixou convencido que pode conseguir um bom desempenho nesta Libertadores.

 

A vitória de 2 a 0 contra o Nacional de Montevidéu, num Morumbi com mais de 42 mil torcedores, mostrou que a equipe, mesmo abrindo mão de um grande futebol, tem força para o torneio.

 

Adriano fez uma grande exibição, ajudando muito inclusive na marcação. Hernanes desta vez não foi tão bem. Eder Luís continua devendo futebol, bem como Hugo, embora este último tenha sido importante taticamente.

 

Como disse Rogério Ceni após o jogo: “O São Paulo precisa ainda de um camisa 10, um cara que atue na ligação do meio de campo com o ataque”. Ele está certo.

 

Agora no confronto com o Fluminense, veremos duas formações bem distintas. De um lado o tricolor paulista, sem esse meia de ligação, apostando nas bolas altas, na bola parada e no talento individual.

 

Do outro lado o Fluminense, menos experiente nesse time de competição, mas também com grande individualidades, além de ter o direito de jogar com Thiago Neves no time titular e deixar Conca no banco.

                                                 

Foi como disse o capitão e goleiro tricolor ainda no gramado do Morumbi: “bem que eles podiam mandar o Conca, que é reserva, para nós”.

 



Escrito por eduaffonso às 03h48
[] [envie esta mensagem
] []





PÈSSIMO EXEMPLO DO FURACÃO.

Fiquei estupefato com o que ocorreu na decisão do campeonato paranaense entre Atlético e Coritiba.

 

Não com o resultado, nem com o jogo, mas sim com a decisão do Furacão de impedir que a Federação local pudesse efetuar a premiação dentro da Arena da Baixada.

 

Pelas informações que recebi e até pelo taipes que vi, foram 2 grandes partidas. O Coxa venceu a primeira e chegou à casa do adversário com uma boa vantagem.

 

Porém, em determinado momento , o Atlético se superou e foi buscar o resultado. Mas um gol do Coritiba, definiu o título a favor da equipe do Alto da Glória.

 

O regulamento previa a entrega do troféu ao campeão, mas o Furacão alegou que tal medida poderia causar um grande tumulto entre as torcidas.

 

Primeiro: cabe ao clube mandante dar segurança aos torcedores e participantes do jogo e ao invés de prever, prevenir qualquer baderna.

 

Segundo: estava no regulamento a entrega do troféu, ou seja, aconteceu um transgressão, o que deve provocar um julgamento e uma punição exemplar.

 

Terceiro: na verdade o que ocorreu foi uma questão absurda de rivalidade. A diretoria do Atlético não aceitava de maneira nenhuma ver o maior rival fazer a festa em sua casa. Algo que não cabe mais no atual futebol taxado de moderno.

 

 

 



Escrito por eduaffonso às 15h21
[] [envie esta mensagem
] []





QUE ROUBADA HEIN CAIO JUNIOR !!!

Não será nada fácil para Caio Junior substituir Joel Santana no comando do Flamengo. Aliás, não seria fácil para quase nenhum outro profissional que fosse escolhido pela diretoria do time carioca.

 

Eu nunca fui fã de Joel, mas reconheço que o trabalho dele no clube da Gávea foi fantástico. De um time brigando pelo rebaixamento na temporada passada, o Flamengo chegou a Libertadores.

 

Fora isso, é o atual campeão carioca e a equipe está praticamente classificada para a fase de quartas-de-final da competição sul-americana. Ou seja, Joel está saindo como um verdadeiro herói , após aceitar o convite de dirigir a seleção da África do Sul.

 

Então, qualquer que fosse o treinador escolhido, e ele é Caio Junior, a barra será pesada.

A torcida do Mengão vai cobrar na pior das hipóteses resultados iguais aos de Joel.

 

Penso que se o time não for as semifinais na Libertadores e se não liderar o Brasileirão nas primeiras rodadas , Caio terá imensas cobranças.

 

Não questiono a capacidade do treinador, muito pelo contrário. Trabalhei com ele no Palmeiras em 2007 e além de excelente profissional, é um sujeito extremamente acessível a todos.

 

No Goiás, vem de dois tropeços inesperados (na Copa do Brasil e no Campeonato Goiano), o que deve causar certamente uma grande desconfiança da torcida rubro-negra num primeiro momento.



Escrito por eduaffonso às 15h20
[] [envie esta mensagem
] []





BORGES FALA E DEPOIS CONDENA REPÓRTER.

 

O atacante Borges desembarcou do Uruguai reclamando das criticas que estava recebendo por ter desperdiçado algumas chances no decorrer do empate em 0 a 0 contra o Nacional pela Libertadores.

 

Em determinado momento da entrevista concedida ao repórter Rafael Prates, da Rádio Record, Borges disse que estava de “saco cheio” de tantas cobranças somente sobre ele.

 

Prates colocou o desabafo no ar em sua emissora, e lógico, tal declaração teve repercussão em toda imprensa esportiva. Até ai, tudo normal.

 

Porém Borges ficou surpreso e revoltado com a repercussão do que disse e resolveu, ao invés de publicamente pedir desculpas ou tentar consertar, cobrar do repórter o fato.

 

Chamou Prates num "cantão” do CT da Barra Funda e desmereceu o profissional, solicitando até a assessoria de imprensa do clube que preferia não conceder mais entrevistas a Prates.

 

Fico aqui pensando com meus botões. O repórter não inventou nada. O que disse o atleta está gravado, não é uma montagem. Porque querer culpar o profissional de imprensa pelo ocorrido? Talvez seja falta de orientação. Não é por ai Borges.



Escrito por eduaffonso às 15h09
[] [envie esta mensagem
] []





PÉSSIMO EXEMPLO. AINDA BEM QUE É NA LIBERTADORES.

O jogo entre Santos e Cúcuta teve um péssimo exemplo por parte da torcida santista, fato que causou críticas até do técnico Émerson Leão após a partida.

 

Em determinado momento do segundo tempo, artefatos que produzem uma fumaça densa e com um cheiro desagradável foram acesos na arquibancada, e isso acabou causando a paralisação da partida por 5 minutos.

 

Os jogadores do time brasileiro tiveram que, a pedido do árbitro mexicano, solicitarem o término da exibição destes artefatos para que a fumaça desaparecesse.

 

A sorte do Santos é que a Conmebol dificilmente pune este tipo de atitude. Até mesmo o objeto atirado no assistente do jogo Boca Juniors e Cruzeiro, em Buenos Aires, um caso muito mais grave, deverá passar em branco.

 

Se tais eventos acontecessem na Europa, a UEFA não teria dúvidas em punir Santos e Boca, o que prejudicaria as duas equipes no decorrer da competição.

 

No Campeonato Brasileiro, com essa nova onda de moralização, se o comportamento da torcida for o mesmo, o Santos poderá ser denunciado, perdendo alguns mandos importantes.

 

Por isso a bronca séria de Leão nos seus próprios torcedores após o jogo de quarta-feira.



Escrito por eduaffonso às 16h49
[] [envie esta mensagem
] []





O CHORO DE MOLINA.

Foi emocionante a entrevista concedida pelo colombiano Molina depois do jogo entre Santos e Cúcuta, na Vila, pela Libertadores.

 

Ainda no gramado, saboreando a vitória por 2 a 0 contra seus conterrâneos, Molina lembrou que nunca dedicou um gol ao seu pai, Fernando, quando este estava vivo e que este fato o machucava demais.

 

Então, ele resolveu dedicar o segundo gol da vitória ao seu “papa” e isso o fez derramar lágrimas. O pai do meia faleceu em janeiro, um pouco antes de sua contratação pelo Peixe.

 

Outro fato que marcou para mim este jogo foi o próprio Molina, depois de quase 15 minutos do termino da partida, ter ido saudar os torcedores que ainda estavam no estádio esperando e gritando por sua presença.

 

De forma humilde, o colombiano foi até o alambrado atrás do gol do vestiário do Santos e fez questão de cumprimentar cada um dos mais de 100 torcedores que lá estavam.

 

Um grande exemplo para quem é craque e principalmente para aqueles que acham que são craques, mas não dão atenção aos torcedores.



Escrito por eduaffonso às 16h42
[] [envie esta mensagem
] []





ATACANTE QUE O CORINTHIANS QUER É CHRISTYAN.

A diretoria do Corinthians quer anunciar a contratação de um atacante até sexta-feira. E o nome já está definido: Christian, da Portuguesa.

 

O jogador é indicação do técnico Mano Menezes. O atleta já foi procurado e repassou o fato a diretoria da Lusa.

 

Num primeiro momento o time do Canindé não tem interesse de abrir mão do jogador. Porém, se o Corinthians pagar a multa superior a um milhão de reais, não tem como segurá-lo.

 

Christian teve uma passagem relâmpago pelo Parque São Jorge no ano passado e saiu meio queimado por ter aceitado uma proposta do Inter.

 

Em seu contato com a diretoria da Lusa sobre o interesse do Timão, o jogador deixou claro que vai aceitar a decisão que for melhor para o clube do Canindé.

 

Em minha opinião particular, se tiver que liberar mesmo eu pegaria uma parte em grana e outra parte em jogadores. Heverton, meia de ligação e Everton Ribeiro, lateral esquerdo e que também joga no meio de campo, entrariam bem no time da Lusa.

 

Edylton, lateral direito que está no Noroeste e Sidnei, meia reserva do Atlético Mineiro estão em negociações com a Lusa.



Escrito por eduaffonso às 21h00
[] [envie esta mensagem
] []





WASHINGTON SÓ PODERÁ JOGAR NA LUSA EM JUNHO.

O atacante Washington, que está retornando a Lusa após 3 anos para a disputa do Brasileiro, só poderá atuar na quarta rodada da competição, dia 1 de Junho, contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte.

 

O jogador tem contrato com o Kunyaspor da Turquia até 30 de maio, e se pedir a rescisão ou sair antes, caracterizaria transferência internacional, o impedindo de jogar até o inicio de agosto no futebol brasileiro.

 

Os direitos federativos do atacante pertencem ao Palmeiras, que repassou por empréstimo a Lusa por 1 ano.

 

A parte boa da história é que a Lusa enfrenta o Palmeiras na terceira rodada e por força do contrato de empréstimo, talvez o jogador não pudesse atuar.

 

Então na verdade ele só ficará de fora da estréia contra o Figueirense, no Canindé e do segundo jogo contra o Vasco, no Rio.

 

O Campeonato turco termina dia 10 de maio. Só então Washington embarca para São Paulo e inicia treinamentos no Canindé.

 



Escrito por eduaffonso às 20h52
[] [envie esta mensagem
] []





SÓ UM MILAGRE AGORA PARA A PONTE SAIR DO JEJUM.

 

Esperava mais da decisão do título Paulista. Tanto mais futebol dentro de campo. Como mais confusão fora dele.

 

Foi um jogo chato que terminou com uma vitória justa do Palmeiras e praticamente fez da segunda partida um amistoso.

 

Os desfalques da Ponte, principalmente Renato e Elias, pesaram demais. O time não andou no primeiro tempo e no segundo, embora tenha tentado pressionar, faltava qualidade.

 

O Palmeiras também não se esforçou para matar de vez a decisão, ficando satisfeito com a vitória parcial. Até porque, tem jogo importante e também decisivo na quarta em Recife, pela Copa do Brasil.

 

O gramado do Moisés Lucarelli também não colaborou. As duas equipes ficaram vendo a bola pingar durante os 90 minutos.

 

O bom é que não tivemos violência dentro e fora, o que comprova o bom trabalho de prevenção da Policia Militar.

 

A arbitragem de Luis Flávio de Oliveira também foi digna de uma grande final. Nenhum equivoco maior que pudesse causar um mínimo de reclamações.

 

A única chance da Ponte é uma soma de fatores. O Palmeiras entrar em campo domingo já se achando campeão; o time da capital perder 3 ou 4 titulares no jogo de recife e ainda chegar desconcertado por uma eliminação na Copa do Brasil.

 

Senão, mais uma vez a Macaca vai ficar no quase. Uma pena, pois pela tradição, essa agremiação já merecia um título de peso na sua história.



Escrito por eduaffonso às 22h39
[] [envie esta mensagem
] []





QUE GOLEADA MALUCA EM MINAS.

Entre as muitas decisões que começaram nos estaduais neste fim de semana, a de resultado mais surpreendente foi a de Minas Gerais, com a incrível goleada do Cruzeiro sobre o Atlético por 5 a 0.

 

Primeiro porque num clássico como este e especialmente numa decisão as probabilidades de goleada para qualquer lado são muito pequenas. Depois porque o Cruzeiro vinha de dois resultados ruins, coma defesa tomando muitos gols.

 

E o Galo queria o título no seu centenário, o que ficou impossível porque agora vai precisar de uma diferença de 6 gols no jogo da volta. Geninho que coloque as barbas de molho.

 

No Paraná acho difícil o Atlético reverter os 2 a 0, mesmo jogando em casa a segunda partida contra o "Coxa".

 

No Rio, o Botafogo vai ter reforços e uma semana bem menos desgastante que o Flamengo, que viaja para o México para jogar a Libertadores.

 

No sul, o Inter terá que jogar bem para superar os desfalques, o resultado negativo no primeiro jogo e principalmente o fato do Juventude ter se tornado uma espécie de asa negra no Beira Rio nos últimos anos.

 



Escrito por eduaffonso às 22h37
[] [envie esta mensagem
] []





EDNO JÀ ASSINOU COM A LUSA.

O meio de campo Edno vai ser jogador da Portuguesa e não do Santos no Brasileirão de 2008.

 

Embora Leão tenha declarado nesta sexta-feira que só aguarda o final do Torneio do Interior para ter o atleta, as chances do “peixe” são pequenas, mínimas.

 

Edno está defendendo o Noroeste, mas seus direitos federativos pertencem ao Atlético Paranaense.

 

A Lusa se antecipou e assim que terminou a fase classificatória do Paulistão, fechou a contratação do meia por um milhão de reais. O clube de Curitiba inclusive já enviou o “aceite” confirmando o negócio.

 

Edno inclusive assinou contrato com o clube do Canindé por 5 temporadas e nesta sexta mesmo teve a preocupação de ligar para os dirigentes lusos e certificá-los que vai se apresentar ao clube dia 3 de maio.

 

O contrato de Edno só não foi registrado na CBF porque ele ainda tem vinculo com o time de Bauru. O pagamento ao “Furacão” será feito assim que o atleta realizar exames médicos.

 

A Lusa confirmou ainda nesta sexta-feira que contratou por empréstimo o atacante Washington, que estava na Turquia.

 

O jogador já defendeu o clube rubro-verde e tem seus direitos federativos presos ao Palmeiras. Com 30 anos, Washington ficará no Canindé por um ano.

 



Escrito por eduaffonso às 18h35
[] [envie esta mensagem
] []





CLASSIFICAÇÃO SEM BOM FUTEBOL.

O São Paulo está na segunda fase da Libertadores, apagando de certa forma sua saída do Paulistão, mas ainda sem apresentar um bom futebol.

 

Contra o Atlético Nacional de Medellín, a equipe de Murici jogou para o gasto e chegou à vitória em outro cruzamento de Jorge Wagner, sua décima terceira assistência na temporada.

 

Aliás, a jogada aérea parece ser a arma letal do time tricolor na competição sul-americana, uma vez que dos 6 gols marcados, apenas um não foi de cabeça.

 

Contra o Nacional, seja em Montevidéu, seja no Morumbi, as dificuldades serão bem maiores, até pela sempre presente rivalidade entre brasileiros e uruguaios.

 

Murici vem falando há algum tempo que se o time conseguisse a vaga, com toda certeza iria engrenar a partir da segunda fase da competição. Por enquanto está bem difícil acreditar nisso.

 

Talvez a esperança do treinador esteja na inscrição de Jancarlos e na contratação de mais dois reforços, provavelmente um zagueiro e um meia de ligação, posições carentes no time.

 

Outra coisa: acho que chegou a hora de dar um bom descanso ao jogador Richarlyson. Ele já está descartado por Dunga das próximas convocações e no São Paulo não vem merecendo ser titular.



Escrito por eduaffonso às 04h30
[] [envie esta mensagem
] []





FALTA DE RESPEITO COM A TORCIDA LUSA.

O Botafogo aproveitou o feriado no Rio de Janeiro (dia de São Jorge) e organizou uma grande festa para sua torcida no jogo contra a Portuguesa pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.

 

Faltou, porém, receber os visitantes com um maior respeito. Dentro de campo nenhuma contestação na vitória que classificou o time carioca para a próxima fase.

 

A participação do goleiro André Luis da Lusa evitou um placar ainda mais dilatado. Sim, porque mesmo precisando vencer ou empatar com gols, o time paulista foi mais uma vez covarde, jogando com 9 atrás e na base do chutão tentando algo com Diogo e Christian.

 

Covarde também foi a atitude da diretoria botafoguense em não reserva um espaço mínimo para a torcida visitante. Num estádio que cabem 40 mil pessoas, não é possível que não existisse um canto par cerca de 50 torcedores lusos.

 

São pessoas que encararam uma viagem dura de ônibus, tiveram gastos e não conseguiram ver o jogo do seu time. Lamentável!!!

 

O diretor de futebol da lusa, André Heleno ainda tentou negociar com o pessoal do clube carioca, mas não obteve êxito. Quem foi teve que voltar sem entrar no estádio.

 

Acho que nesse caso vale a recíproca. No jogo entre as duas equipes, pelo Brasileirão, no Canindé, a Portuguesa deve recusar a presença de torcedores do time da estrela solitária.

Escrito por eduaffonso às 04h29
[] [envie esta mensagem
] []





DECLARAÇÃO INFELIZ DE LUXEMBURGO.

Eu tenho a opinião de que o técnico Vanderlei Luxemburgo foi extremamente infeliz na sua declaração após a partida de domingo.

 

Que aconteceu o relatado em relação ao gás no vestiário, isso não há dúvida, porque eu estava trabalhando no jogo e fui ao vestiário no intervalo, não conseguindo ficar nem 10 segundos no local.

 

A culpa não cabe a mim ,nem ao São Paulo, muito menos a Luxemburgo ou outra pessoa atribuir a alguém sem provas

.

Só pelo fato de ter levantado a hipótese de uma armação, o técnico palmeirense colocou em dúvida inclusive a conduta de seu companheiro Murici Ramalho de estar envolvido.

 

Aliás, Murici deixou claro que ficou ofendido por Luxemburgo, porque além do aspecto profissional, teve sua saúde alterada devido ao produto tóxico.

 

Eu não suspeito de ninguém. Houve sim uma falha no policiamento e na segurança, não existe dúvida.

 

Só acho que se fosse armação , o São Paulo levaria até o fim, inclusive tirando o time de campo e bagunçando a fase decisiva do Paulistão.

 

 

 

 



Escrito por eduaffonso às 06h11
[] [envie esta mensagem
] []





EXISTE UMA PREOCUPAÇÂO COM ROGÉRIO CENI.

Também durante a eleição, tivemos a oportunidade de conversar com o advogado do clube, Dr. Roberto Armelin, sobre a representação que o clube do Morumbi envio a Federação Paulista de Futebol.

 

O São Paulo quer que os fatos ocorridos no Palestra Itália sejam averiguados e que as medidas punitivas sejam tomadas pela entidade, seja quem for o culpado.

 

Em relação as declarações de Luxemburgo, levantado a hipótese de que o São Paulo pode ter responsabilidade no ocorrido, por enquanto, nenhuma medida será tomada na esfera judicial.

 

“ O São Paulo não tem sentimento de vingança “, disse o advogado tricolor. Por isso, por enquanto, é pouco provável que aconteça algum processo contra o treinador.

 

Mas existe sim uma preocupação com Rogério Ceni, flagrado  pelas câmeras  empurrando com a mão o rosto de Valdivia após o segundo gol do Palmeiras.

 

O advogado não quis aos microfones expor sua opinião, mas numa conversa reservada com algumas pessoas admitiu que já conversou com o goleiro que existe a chance de punição.

 

 

 

 

 

 



Escrito por eduaffonso às 06h09
[] [envie esta mensagem
] []





OPOSIÇÃO TRICOLOR CONDENA ATITUDE.

Durante a eleição desta terça-feira no São Paulo, alguns conselheiros da oposição criticaram abertamente a atitude do clube de voltar para o segundo tempo no jogo contra o Palmeiras.

 

Os conselheiros contrários ao presidente Juvenal Juvêncio deixaram claro que a melhor atitude seria tirar o time de campo e soltar o “rojão” nas mãos da Federação Paulista de Futebol.

 

Isso tumultuaria e mancharia a competição, além de ocorrer a possibilidade de o jogo ter o primeiro tempo cancelado, resultando numa nova partida, provavelmente em campo neutro.

 

Quem também foi bastante criticado foi o superintendente de futebol do clube, Marco Aurélio Cunha, pelas declarações polêmicas durante a semana.

 

Para os opositores, já que provocou, Marco Aurélio deveria ter sido o primeiro a comparecer no estádio rival e não se esconder, ausentando-se e deixando o clima ruim para o elenco e a comissão técnica.

 



Escrito por eduaffonso às 06h08
[] [envie esta mensagem
] []





PARABÉNS A PONTE PRETA.

Foi com luta e garra acima de tudo que a Ponte Preta conquistou o direito de representar a cidade de Campinas na decisão do Paulistão.

 

A vitória deste sábado veio muito graças a uma atuação impecável do goleiro Aranha, talvez a melhor atuação de um arqueiro em todo este Paulistão.

 

Seja quem for seu adversário na decisão, a Ponte já é uma vencedora. Um time que está amargando a Segunda Divisão do futebol brasileiro, que foi modesto, porém certeiro nas suas contratações.

 

Sérgio Guedes pelo que mostra dentro de campo e fora, com declarações esclarecidas, tem tudo para galgar em poucos anos a trilha do sucesso entre os treinadores brasileiros.

 

Essa chegada de sua equipe a final vai valorizá-lo demais. Deverão surgir propostas de todos os cantos do país, até de clubes da elite, mas eu se fosse o técnico ficaria no Moisés Lucarelli e tentaria subir a equipe na Série B.

 

Desde que a diretoria garantisse lógico, a manutenção de 90% deste elenco e a vinda de reforços necessários para que a missão não seja tão inglória.

 

Renato e Eduardo Arroz suspensos; César (zagueiro) e Elias machucados vão desfalcar o time na primeira partida decisiva. São perdas complicadas de serem administradas. Mas para a velha Macaca, que há tanto tempo sonha com um título, nada nunca foi muito fácil.



Escrito por eduaffonso às 20h45
[] [envie esta mensagem
] []





ALMOÇO COM O PRESIDENTE TRICOLOR.

 

Nesta sexta-feira consegui conversar com o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, que estava no CT da Barra Funda, sobre os assuntos polêmicos que envolveram o clube nos últimos dias.

 

Num primeiro momento ele não se mostrava disposto, mas após a insistência da assessoria de imprensa, ele convidou para um almoço os cinco repórteres que lá estavam: eu, Rafael Prates (Rádio Record); Julyana Travaglia (UOL); Marcelo Belpiede (Gazeta Esportiva Net) e Joanna de Assis (Globo.com).

 

A definição para o afastamento definitivo de Carlos Alberto veio com uma frase simples: “foi um casamento que não deu certo”. Juvenal já desconfiava disso antes da chegada do atleta, mas preferiu aceitar o desafio.

 

O mandatário tricolor deixou bem claro que não ocorreu um erro de planejamento, porém até agora, das contratações da temporada, apenas Adriano justificou o investimento.

 

A carta de desculpas de Fábio Santos, somada a um pedido de vários jogadores, entre eles Rogério Ceni e uma situação relatada pelo gerente José Carlos quando este foi entregar a papelada referente ao afastamento do volante foram decisivas para que a pena de 29 dias fosse suspensa.

 

Juvenal Juvêncio mostrou ainda descontentamento com a realização do segundo jogo contra o Palmeiras no Palestra Itália, principalmente porque tinha noticias que o presidente da Federação Paulista, Marco Pólo Del Nero tinha chamado o local de “barril de pólvora”.

 

Sobre reforços para a segunda fase da Libertadores, nenhuma promessa, porém a constatação que alguns jogadores estão sendo observados e podem chegar. Não são atletas apenas para complemento de grupo.

 

Por fim a polêmica da “Taça das Bolinhas”. Juvenal garantiu que vai conseguir esse troféu até o fim da temporada. Está brigando para isso, mas mantém um ótimo relacionamento com o presidente do Flamengo, Márcio Braga.

 

O almoço foi divertido e extremamente esclarecedor. No cardápio, bife a milanesa, batatas souté, arroz, feijão, lasanha, file de frango e saladas diversas. Comida de jogador, que “não engorda”, finalizou Juvenal.



Escrito por eduaffonso às 19h59
[] [envie esta mensagem
] []





NA LUSA, LATERAL QUER GANHAR MAIS QUE CRAQUE.

Na busca de reforços para o Brasileirão, a diretoria da Lusa abriu negociações com o lateral direito Marcos Pimentel, do Barueri.

 

O empresário do atleta pediu 30 mil reais mensais, por um período de empréstimo de 9 meses, com o preço dos direitos federativos estipulados em um milhão e 200 mil reais.

 

Fora isso, ele exige 150 mil reais de luvas, diluídos no período de empréstimo, o que significaria um salário total de quase 50 mil, superior ao do craque Diogo. Um verdadeiro absurdo!

 

Só um detalhe: o negócio conta com o aval de Benazzi, afinal o empresário de Pimentel é o mesmo do treinador, que acaba de abrir um escritório no Alphaville em parceria com o ex-jogador Sinval.

 

Sobre outro reforço, o atacante Washington, que já defendeu o clube, ele realmente foi procurado pela diretoria. O técnico aprovou a vinda do jogador, mas quis colocar seu empresário na parada para realizar o primeiro contato e ficar com o bônus do negócio.

 

Bruno Rodrigo e Miltinho já estão na carteira de clientes deste empresário, que atua também como assessor de imprensa de Benazzi,e já foi proibido pelo diretor de futebol André Heleno, de entrar no Canindé.



Escrito por eduaffonso às 16h29
[] [envie esta mensagem
] []





ENTREVISTA NA LOJA DE CARROS.

Entrevista de Carlos Alberto

Detalhe da tatuagem

FOTOS: TORVANO

 

O mais atípico na entrevista concedida por Carlos Alberto nesta quinta-feira foi o local escolhido pelo atleta: a loja de carros de um amigo seu, no Sumaré.

 

No meio de veículos importados de primeira linha, o jogador deixou claro que a diretoria utilizou dois critérios na avaliação das faltas cometidas por ele e Fábio Santos.

 

Seu afastamento foi creditado a uma posição do presidente Juvenal Juvêncio, com respingos para o assessor da presidência, João Paulo de Jesus Lopes.

 

Carlos Alberto confirmou o problema na concentração com Fábio Santos, mas deixou claro também que os dois se dão muito bem e que o próprio Fábio Santos foi o primeiro a demonstrar solidariedade quando foi anunciado seu afastamento definitivo.

 

Para quem está passando mais um momento conturbado na carreira, até que Carlos Alberto estava muito tranqüilo, brincalhão em determinado momentos.

 

Fico pensando que apesar de novo, somente 23 anos, o meio-atacante está esgotando muito rápido suas chances no futebol. Uma pena, porque com a cabeça no lugar, tem potencial para fazer história pelo lado bom.

 

Embora tenha contrato com o São Paulo até dia 10 de julho, Carlos Alberto não deverá freqüentar o CT, a pedido da diretoria tricolor, para evitar contato e desgaste com os demais atletas do elenco.

 



Escrito por eduaffonso às 16h15
[] [envie esta mensagem
] []





DESFALQUES FACILITAM PERDÃO.

Muricy sempre foi contra o afastamento de Fábio Santos, embora soubesse que o jogador teve uma atitude rebelde na concentração.

                      

Sua posição era principalmente pela falta de opções no elenco tricolor. O elenco reduzido ficou ainda menor com o castigo ao volante e ao meia Carlos Alberto.

 

Porém, em nenhum momento o treinador contestou a decisão da diretoria. Acatou mesmo com as dificuldades para montar o time em jogos importantes.

 

Agora Fábio Santos foi reintegrado. Melhor para Muricy, que ganha uma boa opção para o clássico, embora o jogador esteja fisicamente abaixo dos demais pelo fato d éter ficado quase 10 dias sem treinar.

 

As suspensões de Richarlyson e Zé Luis foram fundamentais para a volta do indisciplinado. Até os demais jogadores do elenco se mobilizaram para que isto acontecesse.

 

Cabe agora a Fábio Santos mostrar dentro de campo que realmente merecia o perdão. Porque, desde sua chegada ao Morumbi, as atuações tem sido apenas razoáveis

Escrito por eduaffonso às 02h19
[] [envie esta mensagem
] []





VANTAGEM REVERTIDA. MAS AINDA VAGAS ABERTAS

Ponte Preta e São Paulo conseguiram reverter à vantagem na primeira rodada das semifinais do Paulistão, mas as vagas ainda estão em aberto.

 

A Ponte Preta chegou a passar sufoco no Moisés Lucarelli, mas o golaço de Eduardo Arroz determinou a vitória. O Guará joga melhor fora de casa e agora terá que se recuperar em casa, onde andou perdendo alguns jogos, inclusive para a própria Macaca.

 

Ainda fico com a impressão que o time de Campinas vai conseguir sua classificação para a decisão.

 

O clássico está em aberto, mas a vantagem reconquistada pelo São Paulo não pode ser desprezada. Mesmo o jogo sendo no Palestra, um gol de vantagem é handcap muito grande.

 

Até porque, o Palmeiras não leva muita sorte em decisões em seu estádio. A ausência de Pierre pode atrapalhar Luxemburgo.

 

Uma coisa é certa: será um grande jogo, de muitas emoções, e não dá para apontar nenhum favorito.



Escrito por eduaffonso às 22h01
[] [envie esta mensagem
] []





JOGADORES DO SÃO PAULO PEDEM POR FÁBIO SANTOS.

Depois da vitória contra o Palmeiras, pelas semifinais do Paulistão, os jogadores do São Paulo se reuniram no vestiário e pediram a alguns dirigentes a reintegração de Fábio Santos.

 

Inclusive cogita-se a possibilidade de um abaixo-assinado dos atletas que seria encaminhado ao presidente Juvenal Juvêncio, o mais radical contra a idéia.

 

Conta para isso fato de Zé Luiz e Richarlyson estarem suspensos da segunda partida pelo terceiro amarelo. Muricy não tem muitos jogadores da posição.

 

Já Carlos Alberto, apesar da suspensão, não tem chance nenhuma. Nem mesmo com tantos problemas de jogadores machucados e suspensos, este atleta está muito queimado com a diretoria.

 

Novamente o Tricolor vai entrar em campo com 8 atletas pendurados: Rogério Ceni, Joilson, André Dias, Miranda, Junior, Hernanes, Dagoberto e Jorge Wagner.

 

 

 

 



Escrito por eduaffonso às 21h45
[] [envie esta mensagem
] []





VAGA FICOU COMPLICADA PARA O TRICOLOR.

A derrota do São Paulo para o Audax na noite de quinta-feira deixou o time paulista numa situação no mínimo de pressão na última rodada desta fase da Libertadores.

 

Na última rodada, na pior das hipóteses, o Tricolor terá que empatar em casa com o líder Atlético Nacional para ser o segundo da chave.

 

Se ganhar e terminar em primeiro, com 11 pontos, deverá ser um dos piores campeões de grupo. Isso deverá trazer um adversário mais complicado nas oitavas.

 

Agora se perder e o Audax vencer o já eliminado Luqueño, o time de Muricy estará eliminado, um desastre que vai custar à cabeça de muita gente no clube.

 

Diante dos chilenos, o futebol continuou sendo fraco, mas Hernanes e Adriano tiveram chances de dar a vitória à equipe. O gol adversário saiu numa pontada pela direita, com a participação de Richarlyson.

 

Aliás, o futebol de Richarlyson que sempre foi nota 6 e no ano passado teve um pico de nota 8,5, está hoje nota 1. E isso com muito esforço.

 

Não consigo entender como nosso técnico da seleção ainda o convoca para a seleção. Será que é de propósito para irritar a galera?

 



Escrito por eduaffonso às 01h40
[] [envie esta mensagem
] []





NUNCA CONFIE EM DIRIGENTES DE FUTEBOL.

Reunião de segunda-feira na sede da Federação entre os clubes. Após o encontro, fechado para os jornalistas, a imprensa foi convocada para uma entrevista.

 

Em sua primeira resposta, o presidente Marco Pólo Del Nero deixa claro: “quero o segundo jogo semifinal no Morumbi, mas vou esperar 48 horas para mostrar relatórios que descartem São José do Rio Preto e Ribeirão Preto”, que eram as outras opções do Palmeiras.

 

Outra coisa muita clara dita pelo dirigente máximo do futebol paulista: “o Palestra Itália está descartado. Nenhuma chance. Ali é um barril de pólvora”.

 

Resultado após 48 horas: o jogo será no Palestra Itália. È par rir ou pra chorar? Por isso eu digo sempre para que nunca se confie numa palavra de um dirigente de futebol. Eles mentem descaradamente.

 

Eu não sou contra o jogo no Palestra. Muito pelo contrário. Defendo a tese que cada time deve mandar suas partidas em seu respectivo estádio, independentemente da fase da competição, desde que o local reúna condições.

 

 

 



Escrito por eduaffonso às 19h58
[] [envie esta mensagem
] []





FURACÃO TOMA DECISÃO POLÊMICA.

O site do Atlético Paranaense divulgou recentemente que o clube vai cobrar das emissoras de rádio direito de transmissão dos seus jogos.

 

A medida passa a valer a partir do próximo Brasileiro, que se inicio no começo de maio. E os preços estão bem salgados: 15 mil para jogos avulsos e pouco mais de 400 mil para as 38 partidas do clube na competição.

 

Será pouco provável, eu diria até quase impossível, que alguma emissora consiga pagar esse valor. O rádio não fatura para isso, mesmo em grandes centros como São Paulo e Rio.

 

Outro ponto que acho que vai tornar essa medida complicada de ser cumprida são os jogos fora de casa. Por exemplo, Palmeiras e Atlético Paranaense no Palestra Itália.

 

Como o time curitibano pretende que as emissoras paulistas paguem esse jogo. Elas vão alegar que estão transmitindo o Palmeiras e não o Furacão. Enfim, vai dar confusão.

 

Não sou totalmente contrário que as rádios paguem direitos, mas isto tem que ser um consenso entre todos os times e com valores que possam ser assimilados pelo mercado.

 

E outra coisa, a partir do momento que pagarem, as emissoras de rádio deverão ter os mesmos direitos que as de TV dentro do campo.



Escrito por eduaffonso às 19h57
[] [envie esta mensagem
] []





REUNIÃO PARA OS HOLOFOTES, MAS SEM A PRINCIPAL DEFINIÇÃO.

Dirigentes dos clubes semifinalistas do Paulistão estiveram na sede da Federação Paulista de Futebol nesta segunda-feira para uma reunião decisiva que não decidiu nada.

 

Que Ponte Preta e Guaratinguetá jogariam nos dois sábados subseqüentes as 18h10 todos sabiam, até por um pedido da emissora que transmite a competição.

 

Que o primeiro jogo com mando do São Paulo seria no Morumbi neste domingo também não havia nenhuma dúvida.

 

Divulgar o reajuste dos preços de ingressos e a premiação do torneio não necessitava de uma reunião, apenas um simples comunicado da assessoria de imprensa.

 

A grande dúvida era em relação ao segundo clássico com mando do Palmeiras. E adivinhe? Isto não foi definido.

 

O Palestra Itália foi vetado logo de cara. O Verdão briga por Rio Preto ou Ribeirão Preto e ganhou 48 horas da entidade para tentar reunir laudos do Ministério Público e da Policia Militar que um destes estádios do interior tem condições.

 

A posição do presidente da Federação é clara: por ele os dois jogos serão no Morumbi e ponto final.

 

Mas, para que o torcedor do Palmeiras sinta que sua diretoria está batalhando (e escreva-se de passagem, o time de Palestra Itália compareceu com uma tropa de elite na reunião, formada por Affonso Della Mônica, Gilberto Cipullo e Toninho Cecílio), esse prazo de 48 horas concedido.

 

O mais importante desta reunião para todos os dirigentes é que a mídia toda estava lá e os holofotes, por pelo menos duas horas deixaram os jogadores e se concentraram nos dirigentes. E eles gostam disso!!!

Escrito por eduaffonso às 02h09
[] [envie esta mensagem
] []





NÃO TEM PERDÃO PARA FÁBIO SANTOS.

Rogério Ceni até ventilou falar com a diretoria tricolor em nome do grupo de jogadores. Fato que foi bem recebido por Leco, diretor de futebol.

 

Porém, isto não será suficiente para que Fábio Santos seja reintegrado ao grupo, após levar uma suspensão de 29 dias, sem receber, nem utilizar as dependências do clube.

 

Pessoas ligadas ao presidente Juvenal Juvêncio garantem que o erro do volante é imperdoável na visão do mandatário tricolor, por isso não tem choro nem vela.

 

Aliás, para muitos desses interlocutores, dificilmente depois da suspensão Fábio Santos voltará a vestir a camisa do clube, tamanha a falta grave que cometeu.

 

Carlos Alberto segue o mesmo caminho. Seu erro na concentração foi menos do que do companheiro. Em contrapartida, ele já vinha cometendo faltas consideradas de gravidade menor.

 

Cortou o pé num mal explicado acidente doméstico; não conseguiu atingir o peso determinado pelos médicos ( em que pese seu problema de saúde ); chegou atrasado no treino de sexta e para derramar a água do copo, participou indiretamente do episódio de Fábio Santos.

 

A punição de Carlos Alberto só foi comunicada de forma diferente da do seu companheiro, porque a indicação de contratação do ex-corintiano veio de um alto dirigente do clube.

 

 



Escrito por eduaffonso às 02h08
[] [envie esta mensagem
] []





REBELDIA VEIO COM GRITOS E PALAVRÔES.

A atitude rebelde de Fábio Santos contra Carlos Alberto foi motivada pela antecipação da concentração da equipe para o jogo contra o Juventus.

 

Embora a diretoria tenha decidido que a reclusão dos jogadores aconteceria até para copiar o que faz o rival Palmeiras, o volante, que foi comunicado somente no meio da tarde sobre a apresentação no CT na noite de sexta imaginou outra coisa.

 

Para Fábio Santos, o atraso de Carlos Alberto na mesma sexta-feira foi o principal motivo para o “ castigo” a todo grupo. E por isso chegou cobrando o companheiro na concentração.

 

As agressões verbais se transformaram em uma saraivada de objetos voando e só no foi encerrada com socos e pontapés devido à intervenção de outros atletas.

 

Ainda transtornado e um tanto quanto " alterado ", Fábio Santos passou a destruir móveis e afirmou que deixaria a concentração. Muito jogadores, inclusive Carlos Alberto, tentaram demovê-lo da idéia sem sucesso.

 

Carlos Alberto chegou no dia seguinte a levar a roupa de Fábio Santos que estava no CT para a casa do volante.

 

Agora, depois que a ficha caiu, Fábio Santos mostra total arrependimento e tem conversado com alguns funcionários do clube sobre um suposto pedido publico de desculpas.



Escrito por eduaffonso às 02h06
[] [envie esta mensagem
] []





CANINDÉ: O ROUBO DAS CHUTEIRAS.

 

A segurança no Canindé precisa ser revista. Antes do jogo contra o Barueri, por duas vezes o vestiário da Lusa foi visitado por ladrões.

A primeira visita aconteceu no inicio da semana. Chuteiras foram roubadas. Os jogadores perderam seus objetos de trabalho.

 

Como os gatunos perceberam a “molezinha”, resolveram fazer nova investida na sexta-feira, véspera do jogo. No dia da partida, os 18 relacionados ficaram sabendo que não tinham calçados para a peleja a noite.

 

A diretoria comprou naquele mesmo dia 18 pares para quebrar o galho. Os que não estavam relacionados foram orientados a comprar o equipamento e apresentar a nota ao supervisor Lino, para reembolso, o que não aconteceu até agora.

 

Teve jogador que perdeu chuteira no valor de 500, 600 e até 700 reais. O maior prejuízo ficou para Osmar, que teve 6 pares roubados. Os que são patrocinados por alguma marca esportiva até que não estão lamentando muito.

 

Porém todos foram orientados a não deixarem mais nada de valor dentro do vestiário, porque novos “ratos” podem entrar em ação no Canindé.



Escrito por eduaffonso às 23h21
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]